4 oct. 2010

è preciso parar (Clarice Lispector)

:::::

Estou com saudade de mim. Ando pouco recolhida, atendendo demais ao telefone, escrevo depressa, vivo depressa. Onde está eu?
Preciso fazer um retiro espiritual e encontrar-me enfim – enfim, mas que medo- de mim mesma.

Fragmento de escrita e vida.

No hay comentarios:

Publicar un comentario